BEM VINDO E OBRIGADO PELA VISITA!

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

AMAR


Poema AMAR 
Autoria de Dália Agostinho / me :) Música: Relaxing PanPipes Este lindo poema, escrevi-o há alguns anos atras (10 anos sensivelmente), tinha apenas 17 anos, Eu escrevi, e dei-o a uma grande amiga de infância (Carina) qúe só há pouco tempo encontrei :) Felicidade :) Então após conversa é que ela me falou do meu poema e que ainda o tinha guardado. Então pedi-lhe que mo enviasse, e aqui está , Meu Deus, Na altura devia estar mesmo inspirada, :) Bem espero que gostem , 
 Beijinhos, 
 Dália

AMAR

Dalia Agostinho

Há quem Ame e quem não Ame!
Quando alguém ama, não há quem...
a mendigue desse amor,
É como uma ferida
Que magoa, sara mas deixa marcas.

Há quem ame e quem não ame!
Se todos amassem, poderiam sentir que o amor é...
uma experiência inesquecível,
uma oportunidade para todos de amar e voltar a amar,
não ignoremos esse facto...
No entanto, só existe um amor verdadeiro,
aquele que nos completa e que nos une.

Há quem Ame e quem não Ame!
É uma afirmação traiçoeira,
porque no fundo, bem no fundo,
de uma forma ou de outra

todos nós amamos
Eu AMO!

Setubal, 1997
Dalia Agostinho
http://www.youtube.com/watch?v=j6dSbeJiwZw

Sem comentários:

Enviar um comentário