IMAJEN no AKONTESIMENTU
We are proud to release in this market the first lines of fragrances Buibere for Her and Maubere for Him. Together with glass handcrafted gifts perfect for Christmas.
BEM VINDO E OBRIGADO PELA VISITA!

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Xanana Gusmão, Porquê a expulsão em 48 horas?

PM TL Xanana Gusmao
De forma alguma quero aqui fumegar mais ainda a situação problemática que se esta a passar entre Portugal e Timor na área da Justiça!

O ultimato dado pelo nosso Primeiro Ministro Xanana Gusmão aos 5 magistrados Portugueses para abandonar Timor em 48h foi um choque, gerando assim reacções prós e contras por parte do publico.

Xanana Gusmão justifica a sua decisão com o argumento de que os juízes em causa haviam cometido 7 infracções graves, não honraram o cumprimento de dever para com as suas obrigações nem respeitaram as leis em vigor do Governo de Timor Leste.
Como exemplo o PM explica:

"Houve sete casos assinados por um magistrado, que eram "copy paste" só havia diferença na quantia de dinheiro e depois outros dois assinados por timorenses também. Porque era o processo de ensino que se estava a fazer. Fazem uma cópia, não vêem factos”

Como consequência Timor Leste perdeu cerca de 35 milhões de dólares com o caso ConocoPhillips.

Do outro Lado a Associação Sindical dos Juízes declara:

"Juízes e procuradores estavam ligados a uma verdadeira operação “mãos limpas” que decorria há três anos. Um deles era juiz titular do processo contra a ministra das Finanças de Timor-Leste..."

Respeitando os Motivos de ambas as partes para que o publico modere a sua opinião e contenha as suas emoções urge-se a necessidade de que o Governo de Timor Leste e os juízes em causa apresentem provas que sustentem as suas declarações/justificações pois ate agora o que se assiste é Governo Timorense diz A e Sindicato dos Juízes diz B.

Por cá, Miguel Sousa Tavares diz "Timor Leste esqueceu-se de que Timor deve muito a Portugal", Francisco Sarsfield Cabral diz "Depois da Descolonização Portuguesa ter gerado guerras civis e enormes sofrimentos "limpamos a cara".

Estas duas opiniões geraram rios e rios de comentários do publico, como era de esperar a maior percentagem de opiniões originada pelo povo Português com insultos, blasfémias ate mesmo racistas contra o Povo Timorense dizendo "Vamos mandar uma bomba para lá e acabar com eles todos, gente de ****", "correr com todos os Timorenses de Portugal", poucos aqueles que não tão emocionais expressam a sua opinião de uma forma mais objectiva "Os Timorenses nada têm a ver com as decisões do governo, trata-se de Politica"

Como sempre os grandes é que entram em conflito e os pequenos é que se chateiam. E nós o Povo Timorense mais uma vez massacrado, desta vez por palavras...

Com grande frustração infelizmente assisti a este "teatro", no entanto é compreensível quando de facto não existe uma prova palpável tanto do Governo como dos Juízes que sustente estas declarações para que de alguma forma o publico não oiça apenas mas veja em papel. Outro motivo a expulsão repentina com prazo de 48h como se de criminosos tratassem.

Quanto as declarações do Sr. Miguel Sousa Tavares e do Sr. Francisco Cabral, os senhores como figuras publicas de respeito deveriam ser mais objectivos nas suas analises e não deitar mais Lenha na fogueira parra o povo se queimar.

No entanto Sr. Francisco Cabral, após a descolonização de Portugal, Timor-Leste ficou a mercê da Indonésia, com isso milhares de vidas se perderam, povo sofrido, massacrado, sangue derramado... Genocídio total durante 24 anos de Invasão...

O que Portugal já fez serviu para "limpar a cara?" Como se tratasse de uma simples ferida sem valor em que se coloca um penso rápido e fica-se resolvido. O que é que Portugal fez de tão extraordinário? Será que trata-se uma divida que se possa saldar assim? Não existe nada no mundo que vá compensar a dor e sofrimento das famílias que perderam os seus Pais, irmãos, tios e familiares e amigos.

Porque nos Timorenses sempre admiramos Portugal é que mantivemos essa relação de amizade que já vem do tempo passado, amizade essa que sempre valorizamos e que nunca pusemos em causa, sempre fomos humildes e sempre vos tratamos como irmãos, mesmo após a independência.

Comentários destes era de esperar de alguém pouco instruído, não de vos.

Num Estados de Direito deve haver separação de poderes, mas Timor Leste é um País Soberano tendo assim legitimidade total de aplicar medidas extremas para o beneficio do seu Povo e de Interesse Nacional.

Resumindo, espero que haja fundamento nestas declarações por ambas as partes para que cheguem a um consenso e se acabem de uma vez por todas "o atirar de pedras" entre os povos, pois não podemos esquecer os laços de amizade que sempre houve entre os dois países.

Ficamos sem saber qual o motivo de expulsão em 48 horas:

Conforme a versão de Xanana, terá sido por falta de competência pelos Magistrados Portugueses?

Conforme os Juízes esta expulsão repentina terá sido pelo facto de estarem a Investigar o Governo de Xanana por corrupção?

Julgo que as 3 perguntas seguintes irão responder as nossas duvidas:

1- Provas das 7 infracções?
2- Provas de que os Juízes investigavam casos de Corrupção do Governo de Xanana?
3- Porquê a expulsão em 48 horas?

Dália Kiakilir Agostinho
Oxford, 06 de Novembro 2014

Sem comentários:

Enviar um comentário